33 Os salvos já estão escolhidos?

tira duvidas biblia

 

Pergunta: A Bíblia fala que os salvos já estão escolhidos. Então se os filhos de Deus já estão eleitos, por que estamos perdendo tempo levando o evangelho?


Resposta: A idéia da predestinação, como uma condição inexorável do ser humano, é contraditória com o princípio bíblico (e Divino) do livre-arbítrio. 


Você sabe que Deus criou o ser humano, não como um robô, mas com a possibilidade de escolher livremente o que fazer, a quem obedecer, a quem servir. Entretanto, a Bíblia usa expressões como predestinados, escolhidos. Como conciliar as duas situações? 


Em Gênesis 2:16,17, Deus fala a Adão e Eva que eles são livres para escolher o que comer. Recomenda que não comam da árvore do conhecimento do bem e do mal para não morrerem. 


Ao criar o homem, ele estava predestinado a viver livre e eternamente, ou seja, Deus criou-nos para a eternidade. Mas, esta predestinação não era incondicional, pois foi mudada por livre e espontânea vontade do homem. Ele preferiu transgredir a ordem/lei de Deus e comer do fruto que não lhe era permitido viver. 


Note que todas as vezes que predestinação é citada na Bíblia, ela se refere à salvação. Em alguns casos, como o de Gênesis acima, fala da eleição/predestinação original. Já outros textos falam que todos fomos predestinados para a salvação ou vida eterna após a nossa reintegração com o Pai, em Seu Filho, Jesus. 


Os textos que nos falam desta predestinação para a salvação você pode encontrá-los em Atos 13:48; Rom. 8:29,30; Efe. 1:5,11; I Tess. 5:9. Note, por exemplo, em Atos que é relatada a aceitação da verdade por aqueles que estavam predestinados à vida eterna. Isto não significa que os outros não estavam igualmente predestinados, mas que apenas aqueles aceitaram a escolha/eleição/predestinação oferecida por Jesus. 


Convém citar ainda um outro texto: "Irmãos, sede meus imitadores e observai os que andam segundo o modelo que tendes em nós. Pois muitos andam entre nós, dos quais repetidas vezes eu vos dizia, e agora, vos digo, até chorando, que são inimigos da cruz de Cristo. 


O destino deles é a perdição, o deus deles é o ventre, e a glória deles está na sua infâmia, visto que só se preocupam com coisas terrenas" Filip. 3:17-19. Neste texto o apóstolo Paulo fala de pessoas "destinadas" à perdição. 


Mas da mesma forma que ele afirma que eles estão destinados à perdição, o apóstolo dá o motivo deste destino: são inimigos da cruz, têm o ventre como Deus etc.. Ou seja, destino aqui não é predestinação, mas conseqüência das decisões pessoais que estes infelizes cristãos fizera