Onde está o erro no livro de Macabeus?

Macabeus

Elaboramos um dossiê com as principais informações sobre o livro de Macabeus da Bíblia católica, você pode tirar suas dúvidas e entender por que que esse livro não foi inserido na Bíblia evangélica.

CONFIRA


1 O que é o livro de Macabeus?

Esse é um livro chamado 'apócrifo' do grego 'oculto', está contido apenas na Bíblia católica.

Um livro é considerado apócrifo quando tem sua autoridade questionada ao longo da história, junto com Macabeus existem outros livros apócrifos na bíblia católica, são eles: Tobias, Judite, Eclesiástico, Sabedoria e Baruc, além de acréscimos nos livros de Ester e Daniel.

2 Em que ano foi escrito?

A história dos macabeus ocorreu exatamente entre o antigo e o novo testamento da Bíblia, o livro é um registro dos fatos ocorridos em Jerusalém durante o fim do reinado grego dos Seleucidas e seu domínio na palestina até o início da dominação romana.

Cerca de 100 anos após Malaquias e 100 anos antes de Cristo.

3 Quem escreveu?

Não se sabe ao certo quem escreveu Macabeus, mas percebe-se na leitura que o texto é bastante romantizado o que tira bastante a credencial do autor.

São 2 livros, mas que contam a mesma história, ou seja, 2º Macabeus não é a continuação do 1º, mas sim uma repetição do livro feita com outra visão e detalhes adicionais.

4 Quem foi Judas Macabeu?

Judas foi o terceiro filho de Matatias, um sacerdote judeu que combateu o paganismo grego em Jerusalém.

Antioco Epifânio profanou o templo e inclusive contaminou o santuário queimando um porco em sacrifício no altar (Detalhe: o porco é imundo para os judeus).

Também assassinou muitas pessoas e procurou destruir a cultura judaica, implantando o helenismo (cultura grega) no lugar. 

Matatias encabeçou a revolução que foi continuada por seus filhos: João, Simão, Judas, Eleazar e Jônatas. 

Judas se destacou entre eles e obteve sucessivas vitórias ganhando nome até os dias de hoje.

5 Por que Macabeus é considerado apócrifo?

Em 2 Macabeus 12:40-44 é dito que Judas orou pelos mortos pedindo o perdão para judeus idólatras que haviam morrido, e que inclusive fez uma oferenda de 2 mil dracmas (Tipo de indulgência).

Essa é uma passagem que vai contra tudo o que é ensinado na Bíblia, em Hebreus é dito:

"E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo," (Hebreus 9:27)

A salvação é obtida apenas enquanto o indivíduo vive, após a morte não há mais esperança de perdão. (Veja Jo 5:28,29/2 Cor 15/Ec 12)

Não se sabe se esse trecho de Macabeus foi adicionado em um tempo posterior ou se foi adulterado por alguém no período negro da história, por que é exatamente essa passagem que apoia o dogma das indulgências católicas e a oração pelos mortos.

Por isso que o livro de Macabeus não foi aceito na Bíblia evangélica.

VEJA TAMBÉM


12 Perguntas sobre o livro de Macabeus

Post Recente