Devo assinar o termo de concessão de consentimento da IASD?

assinar termo consentimento iasd


Afinal, devo ou não assinar o termo de concessão de consentimento de uso de dados que está sendo solicitado em todas as igreja Adventistas do Brasil?


Esse é um assunto que está dando o que falar, e resolvemos revelar para você nesse artigo algumas informações uteis que podem ajudar na sua decisão.


LEI DE PROTEÇÃO DE DADOS


Veja alguns detalhes que você precisa levar em consideração:


1 -  A lei geral de proteção de dados existe com a finalidade primária de informar aos cidadãos que seus dados estão sendo usados por terceiros e podem ser compartilhados com o governo e outras entidades, e que isso precisa ocorrer mediante o consentimento do individuo, daí vem o nome do documento: 'Termo de concessão de consentimento'.


2 - Na verdade, nossos dados já eram capturados, armazenados e compartilhados de forma digital por igrejas, governos e empresas, desde que começamos a usar a internet. 


Essa lei veio unicamente obrigar essas entidades e organizações a informar às pessoas, e pedir o consentimento delas em que isso continue sendo feito, como sempre foi.


3 - A verdade é que não existe a opção de não concordar com isso, a lei pede para pedir o consentimento da pessoa, no entanto, caso a pessoa não consinta ela simplesmente deixa de existir para o serviço que deseja usar, e, no caso da igreja, automaticamente passar a não ter direito de usufruir das prerrogativas de membro regular.


Vamos explicar usando como exemplo, o uso das redes sociais:


Ao criar uma conta no Google, Facebook, Instagram, Whatsapp, ou qualquer outro aplicativo da Web, você precisa, ANTES DE TUDO, aceitar os termos de uso.


E é ai que reside o problema! 99,99% das pessoas não estão nem ai para o que é dito nos termos, elas querem simplesmente usar o serviço, e clicam em 'aceitar' sem pensar duas vezes.


Só que, ao concordar com os termos, basicamente você está abrindo mão de sua privacidade e deixando que essas empresas usem seus algoritmos para vasculhar tudo que você faz online, e todos os seus dados inseridos ali. 


São poucas as pessoas que param para pensar sobre a implicação disso.


O mesmo ocorre ao entrar em qualquer site da internet, (como esse que você está agora), ao abrir uma página como essa, suas informações são armazenadas pelo Cookie do navegador, entre elas:


- Seu endereço IP;


- Sua localização;


- Sua nome e gênero;


- Seu histórico na web, isso é, todas as páginas que você entrou antes;


- Muitas outras coisas...


É por isso que, assim que você entra no site, existe um aviso perguntando se você concorda que isso seja feito. A maioria das pessoas não percebe que esse aviso é autorizando isso, e simplesmente clica em 'ok', não por que concorde, mas por que quer acessar o conteúdo.


E caso a pessoa não concorde, não poderá ver o conteúdo. Veja que não existe muita opção.


Ao ser batizado na igreja, acontece o mesmo. 


Como tudo está sendo digitalizado, as informações e dados pessoas de cada membro da igreja Adventista é armazenada no portal ACMS, ou seja, existe uma big data, uma central de armazenamento com contém as informações de todas as pessoas que já foram membros da IASD, todos os dados pessoas, além de seus relatórios de dízimos e ofertas, sua assiduidade e participação em cargos e comissões, entre diversas outras informações.


E se eu não assinar?


A resposta para essa pergunta é simples!


O que acontece se você não aceitar os termos do Facebook, ou do Google?


Simplesmente você não pode usar o serviço deles.


Entenda o seguinte: Se você não concorda que um aplicativo invada sua privacidade e rastreie seus dados, a única coisa que você pode fazer para se defender disso é não usar aquele App.


Resumindo: Você precisa trocar sua privacidade pelo uso do serviço fornecido pelo App, e isso em tudo que você for usar no digital, e tudo está caminhando para ser 100% digital.


O que acontece se você não assinar o termo de concessão de consentimento da IASD? Você precisará ser excluído do sistema ACMS, e com isso seu nome será apagado dos relatórios, e não contará como estando regular na igreja.


Se a igreja manter seus dados no ACMS sem o seu consentimento, ela estará violando a LGPD, entende?


É a mesma coisa da internet, assim como você só pode ter uma conta no Google se ceder seus dados pra ele, você só pode ser membro de uma igreja, se consentir que a igreja armazene e use seus dados.


Caso contrário, você se torna um visitante descadastrado.



FATOS OBSCUROS SOBRE USO DE DADOS


Os dados pessoais das pessoas em todo o mundo são considerados hoje como a riqueza das nações, o novo petróleo.


É a partir desses dados que são elaboradas as campanhas de anúncios que bombardeiam nossa timeline em tudo na internet.


Nossos dados e nossos dispositivos podem ser facilmente acessados por agencias de segurança nos EUA, isso foi o que revelou Edward Snowden no livro 'Eterna Vigilância', o que quase lhe custou a vida.


Para entender um pouco sobre isso assista ao vídeo abaixo:




VEJA MAIS


- Explicação oficial da IASD


- Informações sobre a LGPD


- Política de Privacidade IASD


- Os Cookies do Facebook