Diferença entre Adventistas do 7º Dia e Adventistas da Reforma

adventistas e adventistas reformistas

Não é muito fácil estabelecer diferenças entre os dois movimentos religiosos. Vamos, porém, apresentar semelhanças e diferenças para que você tenha melhores condições de avaliar. 

Semelhanças

1. Ambos os movimentos creem ter surgido por indicação da profecia bíblica. Ambos pretendem ser o remanescente de Apocalipse 12:17 e 14:12.

2. Doutrinas - basicamente, têm as mesmas crenças. Na mortalidade da alma, nos dez mandamentos, no sábado, na doutrina do santuário, no sacrifício único e perfeito de Cristo Jesus, na justificação pela fé, na doutrina da saúde, no dom de profecia, etc.

Há diferenças em alguns detalhes.




DIFERENÇAS


1. Origem - O movimento da Reforma surgiu como um grupo separatista no ano de 1914. A Igreja Adventista tem sua origem no grande movimento de pregação da 2ª vinda de Cristo por volta de 1840. 

O desapontamento ocorrido em 1844, quando Jesus não veio como esperavam muitos crentes, proporcionou o surgimento da igreja Adventista. A igreja Adventista nasceu das ruínas daquele grande desapontamento que estava previsto em Apocalipse 10.

2. Doutrinas – Vamos considerar aqui os detalhes que tornam os Reformistas diferentes dos Adventistas do Sétimo Dia.

a) Reforma - Os adventistas creem num grande movimento de reforma e sacudidura dentro da igreja nos últimos dias da história humana. Os reformistas creem que eles são esse movimento de reforma e sacudidura.

b) O anjo de Apoc. 18 - Os adventistas creem que a mensagem do anjo de Apoc. 18 virá como um apoio para a pregação da tríplice mensagem angélica de Apoc. 14:1-12. Os reformistas proclamam-se o anjo de Apoc. 18.

c) Saúde - Enquanto os Adventistas adotam um plano equilibrado em relação ao cuidado da saúde, crendo que o reino do céu não é comida nem bebida; já os reformistas adotam princípios extremados quanto ao uso da carne e outros alimentos. Esse extremismo também se pode ver no assunto referente à modéstia cristã, o vestuário adequado para o cristão.

Veja aqui as 👉 Principais Doutrinas dos Adventistas da Reforma

CONCLUSÃO


Vale salientar também que durante os primeiros anos de seu ministério, a irmã White sofreu rejeição de alguns líderes, no entanto ela nunca os criticou pejorativamente, nunca se rebelou contra sua liderança e muito menos tentou formar um grupo dissidente para pregar um evangelho paralelo, muito pelo contrário, ela animou, apoiou, aconselhou, advertiu com amor e morreu dentro desta Igreja.

Recomendamos a leitura do livro “Adventistas da Reforma”, autor Helmut H. Kramer, publicado pela editora Casa Publicadora Brasileira. Como o livro está indisponível na CPB você pode baixar a versão PDF aqui:
Obrigado por sua visita.

ACESSE TAMBÉM


- Respostas da Bíblia

- Curso de Homilética